Age Gate-Projecto

Designação do projeto: Internacionalização do portefólio dos vinhos e produtos vínicos da VCD, com diversificação dos países alvo de exportação e atingir os 50% de exportações
Código do projeto: ALT20-01-0752-FEDER-021052
Objetivo Principal: Reforçar a competitividade das PME
Região de intervenção: Alentejo
Entidade beneficiária: Vinhos da Cavaca Dourada, S.A
Data de aprovação: 12-08-2016
Data de início: 01-09 -2016
Data de conclusão: 31-08-2018
Custo total elegível: 175.635,00€
Apoio Financeiro da União Europeia:
FEDER : 79.035,75€

  • Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos:
  • Volume de Negócios total – alcançar um volume de negócios de 2 milhões de Euros em 2019;
  • Volume de Negócios Internacional – represente, pelo menos, 55% do volume de negócios total, ou seja; 1,109 Milhões de Euros em 2019;
  • Diversificação Mercados Internacionais – obter até 2019, vendas em pelo menos mais 6 novos mercados de exportação comparativamente aos mercados externos com vendas em 2014, todos da Ásia e alguns com elevado potencial em volume e valor: Japão, China, Taiwan, Hong-Kong, Malásia e Coreia do Sul;
  • Peso dos Mercados Lusófonos nas Exportações – diversificar vendas internacionais de modo a que o peso das exportações de Angola + Brasil não exceda os 45% em 2019;
  • Consolidação e crescimento dos Mercados Anglo-saxónicos – representem, pelo menos, 12% do total das exportações de 2019;
  • Peso dos Mercados Asiáticos – representem, pelo menos, 20% do total das exportações de 2019;
  • Diversificação de Distribuidores – aumentar a rede de distribuidores internacionais ativos dos produtos da VCD para 38 até 2019;
  • Equipa Comercial Internacional – aumentar os recursos humanos do Departamento Comercial com, pelo menos mais um Colaborador até ao final de 2016, que ajude à dinamização dos mercados de exportação;
  • Redefinir o portefólio das marcas dos vinhos – enologicamente, castas, imagem, posicionamento de preço, até final de 2016;
  • Novas Vinhas – plantar, pelo menos, mais 20 hectares de vinha até 2018;
  • Nova Adega – construir nova adega, na pior das hipóteses, até final de 2019;
  • Aumentar gradualmente o tempo de estágio dos vinhos – aquando da nova adega, passar o estágio: do Vinho Mouchão de 55 para 65 meses, do Tonel 3-4 de 56 para 58 meses; do Ponte das Canas de 18 para 24 meses, do Dom Rafael de 15 para 18 meses;
  • EBITDA/Volume de Negócios – obter um rácio de 51% no final de 2019.
Top