D Rafael tinto e branco

Dom Rafael Tinto

 

Nascidas nas antigas vinhas das castas Aragonêz, Trincadeira, Castelão e Alicante Bouschet as uvas para este vinho são vindimadas e selecionadas à mão, pisadas a pés, fermentando nos lagares abertos de pedra da adega, precisamente os mesmos métodos usados desde há mais de cem anos na Herdade do Mouchão e que fazem do Dom Rafael um dos tintos mais famosos da região.

 

Alentejano e contemporâneo, o Dom Rafael é um tinto versátil, ideal para acompanhar propostas gastronómicas variadas.

 

O Dom Rafael tinto estagia em tonéis de castanho e carvalho português e em barricas de carvalho francês durante 12 meses, após o que estagia pelo menos mais 6 meses em garrafa. Com o passar dos anos este é um vinho que resulta cada vez mais suave, complexo e equilibrado.
Tipicamente alentejano e ao mesmo tempo contemporâneo, o Dom Rafael é um tinto versátil, ideal para acompanhar propostas gastronómicas muito diversificadas.

Dom Rafael Branco

 

O vinho branco da Herdade tem as suas raízes nas velhas vinhas de Antão Vaz, Arinto e Fernão Pires.
Fermenta em cubas de aço inoxidável a baixas temperaturas na adega secular e é engarrafado cedo para não perder as suas qualidades aromáticas e a mineralidade. A sua excelente acidez prolonga o sabor e o prazer da prova, tornando-o apetecível para inúmeras combinações gastronómicas.

 

Um branco jovem mas estruturado, com características citrinas de lima e limão e que lhe conferem uma personalidade vincada.

 

Após anos de produção em lagares até os anos de ocupação, foi relançado em 1994, como um branco jovem mas estruturado, com notas citrinas de lima e limão e que lhe conferem uma personalidade vincada, plena de frescura e juventude. Recomendando-se o consumo a uma temperatura de 10-12° é um óptimo acompanhamento de pratos de saladas, marisco, peixes grelhados ou fumados e carnes frias.
Top